Preço médio das casas atinge os 1.117 euros\m2, um aumento de mais de 10% no primeiro trimestre

O preço médio das casas em Portugal fixou-se nos 1.117 euros\m2 no primeiro trimestre de 2020, o que representou um aumento de 3,3% face ao verificado no trimestre anterior e de 10,5% em comparação com o mesmo período de 2019, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgados esta quinta-feira, 9 de julho.

No período em análise, o valor médio da habitação permaneceu acima do preço médio nacional nas regiões do Algarve (1.668 euros/m2), Área Metropolitana de Lisboa (1.515 euros/m2), Região Autónoma da Madeira (1.250 euros/m2) e a Área Metropolitana do Porto (1.136 euros/m2).

46 municípios que apresentaram um preço médio superior

No total, houve 46 municípios que apresentaram um preço médio superior ao valor nacional, localizados
maioritariamente nas sub-regiões Algarve (14 em 16 municípios) e Área Metropolitana de Lisboa (15 em 18). O município de Lisboa (3.333 euros/m2) registou o preço mais elevado do país.

O maior crescimento homólogo nas cidades com mais de 100 mil habitantes foi registado na cidade de Vila Nova de Gaia, com 20,1%, quase o dobro da subida nacional. Além de Vila Nova de Gaia, verificaram-se crescimentos acima do valor nacional na Amadora (19,9%), Braga (16,6%) e Porto (11,4%). Em sentido inverso, as cidades de Coimbra (8,3%), de Lisboa (7,1%), e do Funchal (5,1%) registaram os menores crescimentos relativos.

 

O preço médio para novas habitações fixou-se nos 1.209 euros

 

O preço médio para novas habitações fixou-se nos 1.209 euros/m2 e para os alojamentos existentes nos 1.102 euros/m2. A Área Metropolitana de Lisboa (1.950 euros/m2), o Algarve (1.877 euros/m2), a Região Autónoma da Madeira (1.377 euros/m2) e a Área Metropolitana do Porto (1.336 euros/m2) apresentaram um preço médio de alojamentos novos acima do valor nacional.

A cidade de Lisboa registou a maior diferença (1.148 euros/m2) entre os preços de alojamentos novos (4.379 euros/m2) e de alojamentos existentes (3.231 euros/m2), bem como a maior diferença entre os valores médios nas quatro classes de tipologia do alojamento, T0 ou T1 (3.852 euros/m2) e T4 ou superior (3.128 euros/m2).

Em sentido oposto, coube a Vila Nova de Gaia apresentar a menor diferença de preços entre as quatro classes de tipologia do alojamento (167 euros/m2). A tipologia T4 ou superior assumiu o menor valor médio (1.083 euros/m2 ) enquanto a tipologia T0 ou T1 apresentou preço mais alto da habitação (1.250 euros/m2) na cidade.

Fonte: Jornal economico
https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/preco-medio-das-casas-atinge-os-1-117-euros-um-aumento-de-mais-de-10-no-primeiro-trimestre-611380
Recomendar
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
  • LinkedIN
  • Pinterest
Share
Tagged in